Mestrado em Direito

Mestrado

Em qualquer tipo de sociedade, o acrescentar saber é, independentemente da perspectiva em que olhemos o ensino, sempre bom. É um bem. Um valor. Um bem para aquele que dele pode beneficiar mas, outrossim, para toda a comunidade. Por isso, no seguimento de uma ideia de um ensino superior integrado e contínuo o grau de Mestre mostra-se como patamar ou lugar a que se deve ascender. E as coisas são tanto ou mais prementes quanto é certo que em comunidades hipercomplexas, competitivas, criativas e inovadoras, como são aquelas em que vivemos e em que vamos continuar a viver, mesmo depois da tempestade pandémica que nos fustigou, não tenhamos ilusões, as exigências de mais saber jurídico afirmam-se como realidades inescapáveis.

À luz deste horizonte não temos pois a menor dúvida em observar que a obtenção do grau de mestre em direito se mostra quase como uma condição indispensável para um jurista se afirmar e realizar na multiplicidade das mais variadas e sofisticadas especialidades do actual mundo do direito. Também aqui, por todas estas razões, a Faculdade imprime um carácter específico à leccionação deste, hoje, importantíssimo, grau do saber jurídico. De sorte que, sem querer afunilar demasiado a especialização, parte-se de uma ideia em que há um tronco comum — por conseguinte, um mestrado que na gíria se chamaria de banda larga — mas que, depois, se abre em razoáveis e credíveis especializações. O que mostra duas coisas. Sentido de seriedade naquilo que se oferece e, em simultâneo, inovação no entrecruzar das finalidades prosseguidas.

Vir até nós fazer o mestrado, isto é, ser nosso estudante de Mestrado, significa querer continuar ou entrar, pela primeira vez, em uma comunidade jurídica plural, conhecedora, exigente, crítica, sóbria, aberta a tudo o que é novo e que não precisa de o apregoar.

 


DIREÇÃO DO MESTRADO

 

Professora Doutora Conceição Soares Fatela

Directora

 

 

 

Secretariado

Paula Almeida – paula.almeida@ulusofona.pt


Plano de Estudos


 

  • Português
  • English